O início.

 

Foram 16 dias de viagem em 10 mil quilômetros de Fraiburgo-SC até Puerto Natales – Chile.

Partimos no dia 18 de Dezembro, pela manhã em quatro pessoas. Eu e a Pri do 2 Mochileiros e nossos amigos Luiz e Poli que vocês vão conhecer pelas fotos e histórias. Deste post em diante vamos contar como foram estes 16 dias, por onde passamos, o que aconteceu e algumas dicas de onde ficamos, quanto pagamos e o que fizemos.

Dia 01 (18/12/16).

662 km de Fraiburgo – SC a São Borja – RS

Neste dia só havíamos planejado ir até a divisa com a Argentina e nada mais. Precisávamos comprar alguns itens importantes (falaremos sobre os itens em outro post) para a viagem e chegamos a conclusão que lá seria mais fácil encontrar. Além disso, por nunca termos saído do país de carro, decidimos passar a noite no Brasil e ir cedo para a divisa, evitando que algo pudesse dar errado e tivéssemos que resolver a noite.

O único imprevisto deste dia foi que como era domingo não encontramos muitos restaurantes abertos para o almoço, então acabamos comendo por R$25,00, em um posto chamado RH Riss no trevo da cidade de Carazinho -RS. Fácil de localizar pois tem um pequeno avião sobre um pilar no meio do trevo, apesar do horário a comida estava ótima, o preço era justo e o lugar era simples, mas bem satisfatório. Satisfeitos, fomos em direção a São Miguel das Missões – RS onde fica nossa primeira parada, o sítio arqueológico de São Miguel Arcanjo.

Ruínas de São Miguel Arcanjo.

A entrada do sítio arqueológico é comprada ali mesmo e custa R$ 15,00. Maiores de 60 anos e estudantes pagam R$ 7,00. Importante observar que o local não abre as segundas feiras. Ótimo local para uma parada e descanso, chegamos no meio da tarde e estava bem tranquilo, logo do ladinho de fora do sítio arqueológico tem uma lojinha de souvenirs e o museu. Não fomos no museu, mas claro que passamos na lojinha para comprar nosso imã de geladeira e mais umas bugigangas.

Seguindo em frente, fomos até nosso destino final do dia, São Borja – RS. Não havíamos reservado hotel pois ainda não estávamos certos de que ficaríamos no Brasil, mas como não conseguimos comprar o cambão definimos ficar em São Borja e fomos até o Hotel Al-Manara. Pagamos R$ 250,00 pelo quarto e jantamos numa pizzaria em frente ao Hotel que pertence ao mesmo grupo. Infelizmente o chopp pedido estava azedo, mas a pizza era bem boa.

Recomendo a pizza sabor MEXICANA !

O hotel era bom, mas nada demais. O quarto era bom, o banheiro era pequeno, mas tudo limpinho. O café da manhã era bem bom, várias opções doces e salgadas, mas o que conquistou mesmo foram os mini pastéis. Achamos o hotel  bom, mas com certeza não vale os R$ 250,00 que pagamos. Já ficamos em hotéis melhores pelo mesmo valor ou menos, mesmo assim é uma boa opção. Tomamos o café da manhã e fomos atrás do itens restantes para a continuação da viagem.

 

 

 

 

 

Compartilhe essa postagem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *